Resenha de “A Sereia”, de Kiera Cass

Capa A Sereia Preciso confessar que adoro as narrativas da Kiera Cass. Sou muito fã do seu modo “encantado” de deixar as histórias. Em “A Sereia” não foi diferente, uma história encantada e cheia de sentimentos.

“As sereias entretanto têm uma arma ainda mais terrível que o canto: o seu silêncio.”

No livro conhecemos Kahlen, uma menina de 19 anos que vive como sereia há oitenta anos. Muito tempo atrás, durante uma viagem com a sua família, Kahlen viu a água usar suas sereias e seus métodos para naufragar o navio em que estava. Kahlen foi salva da morte, mas a consequência disso, foi ter aceitado o chamado da água para se tornar uma sereia e trabalhar para ela como sereia por cem anos.
Desde então ela vive como sereia, cuida muito bem de suas irmãs sereias, é disciplinada e a favorita da água, mas Kahlen é muito sentimental, guarda um peso em seu coração de tantas pessoas que teve que matar para satisfazer a água.

A vida de Kahlen não é fácil, mas esse sentimento muda quando ela conhece Akinli, um rapaz estranho que começa a ter sentimentos por Kahlen. Será que o casal conseguirá ficar junto? O que será que a água achará de tudo isso? Esse amor é possível?

“E quem eu era? Ninguém na verdade. Só uma garota. Mas aos olhos dele…Eu parecia muito mais que isso.”

A escritora consegue construir um cenário único e consegue nos mostrar um pouco sobre a mitologia da sereia. Os personagens secundários são marcantes, todas as irmãs de Kahlen possuem personalidades distintas e adoráveis. Acredito que a água é o personagem mais enigmático do livro, a água possui uma personalidade forte e descobrir como ela lida com as sereis é um dos pontos alto do livro.
Um romance leve e sensível, com uma leitura envolvente. Eu me senti lendo um conto de fadas. O livro nos conta mais que uma história de amor, nos mostra cumplicidade, fidelidade e amizade. E preciso dizer que a capa é linda, dá uma sensação de leveza ao livro.

A Sereia é um livro de Kiera Cass pela Seguinte. Adicione no Skoob. Saiba onde comprar mais barato.

Patricia Kazys, 24 anos. Mais conhecida como Trika. Formada em Letras. Mora em São Paulo. é produtora de eventos na Far Music Entertainment. Fã de kpop, livros, novelas asiáticas, filmes e séries.
Evento sobre YA em Brasília

Oi, peeps! Eu soube desse evento e achei legal compartilhar com vocês. As autoras Bárbara Morais (Trilogia Anômalos), Dayse Dantas (Nada Dramática) e Iris Figueiredo (Confissões Online) estarão em Brasília para falar sobre YA, ou seja, literatura juvenil, com a mediação da escritora Marina Oliveira. Será muito legal para os leitores que sempre quiseram saber sobre processo de escrita, edição, publicação e como é escrever para esse gênero. O evento será dia 2 de julho, na livraria Leitura do Conjunto Nacional, às 15h, e terá sorteio de brindes! Infelizmente eu não poderei ir (estou preparando lançamento de Cidade da Música, né?), mas com certeza se você estiver na cidade não pode perder! Saiba mais aqui.

13445287_1352342441449154_4582641694241567057_n

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “Traços”, de Eduardo Cilto

O booktuber Eduardo Cilto, do canal Perdido Nos Livros, gravou um vídeo mostrando a capa e falando um pouco sobre o seu livro de estreia, Traços. A sinopse lembra os livros do John Green, então podemos esperar coisa boa, né?

download

Sinopse: Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre.

O livro tem previsão de lançamento em julho desse ano, pelo selo Outro Planeta. Assista aqui o vídeo do autor:

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “Six of Crows – Sangue e Mentiras”, de Leigh Bardugo

A editora Gutenberg divulou a capa do novo livro da Leigh Bardugo (autora da trilogia Grisha)! A nova série se chama Six of Crows e o primeiro volume será Sangue e Mentiras, com lançamento previsto para o final de junho. Só tenho escutado coisa boa sobre essa história, então, obviamente já está na minha lista de livros para ler! Quem também quer? o/

915Ik7Y0kFL

Sinopse: Fica Ketterdam, capital de Kerch, um lugar agitado onde tudo pode ser conseguido pelo preço certo. Nas ruas e nos becos que fervilham de traições, mercadorias ilegais e assuntos escusos entre gangues, ninguém é melhor negociador que Kaz Brekker, a trapaça em pessoa e o dono do Clube do Corvo. Por isso, Kaz é contratado para liderar um assalto improvável e evitar que uma terrível droga caia em mãos erradas, o que poderia instaurar um caos devastador. Apenas dois desfechos são possíveis para esse roubo: uma morte dolorosa ou uma fortuna muito maior que todos os seus sonhos de riqueza. Apostando a própria vida, o dono do Clube do Corvo monta a sua equipe de elite para a missão: a espiã conhecida como Espectro; um fugitivo perito em explosivos e com um misterioso passado de privilégios; um atirador viciado em jogos de azar; uma grisha sangradora que está muito longe de casa; e um prisioneiro que quer se vingar do amor de sua vida. O destino do mundo está nas mãos de seis foras da lei – isso se eles sobreviverem uns aos outros.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.