Babi Dewet - Sobre mim, livros, Sábado à Noite e mais.

Sobre o site

Babi Dewet tem 27 anos, mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia Sábado à Noite, blogueira, formada em Cinema, professora, Galaxy Defender, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.




Meu livro!



Sábado à Noite
Bastidores de um romance entre as garotas populares e os marotos do colégio, com muita música, garotos mascarados e noites estreladas dançando na praia!
- Em 2011 ganhou o prêmio Codex de Ouro na categoria Voto Popular.
- @san_livro / Facebook / Skoob
- Assista ao SANTV
- Onde comprar




Sábado à Noite 2 - Dos Bailes para a Fama
Segundo livro da trilogia que mostra como Amanda vai enfrentar o resultado de seus erros e amadurecer. Bastidores de uma adolescência regrada a amigos, paintball, festas de madrugada e muita música com um festival que vai abalar a banda mais famosa da cidade!
- Skoob
- Compre agora


Agenda


15/03 - SAN em Curitiba
30/03 - Rio Anime Club (Rio de Janeiro)

Procurar por Categorias

Últimas Resenhas

  • Resenha de "O Caminho Jedi" - Tudo bem que esse livro é basicamente para fãs de Star Wars. Se não totalmente fãs, pelo menos conhecedores ou curiosos assíduos. Para quem nunca tev...
  • Resenha de "Destrua Este Diário", de Keri Smith - Faz algum tempo a editora Intrínseca lançou no Brasil a versão de Wreck this Journal, de Keri Smith. E Destrua Este Diário chegou aqui fazendo o maio...
  • Resenha - A Culpa é das Estrelas, de John Green - Acho que fui a última pessoa na face da Terra a ler A Culpa é das Estrelas, do fofo e nerd John Green. Todo mundo falava e falava e dizia e contava s...
  • Resenha - Os Goonies, James Kahn - Todo mundo já viu Os Goonies. Se você tem pelo menos 26 anos, é obrigatório. Se você é legal, também. Se você não sabe do que eu estou falando, não...

O que estou lendo


Na Estrada com os Ramones por Monte A. Melnick e Frank Meyer
Conheça o livro

Página no Facebook

Google+

Apoio




Parceria



Eu apóio







Receba os posts!

Informe seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Divulgação


Semana Lost Boys

Para divulgação e propaganda entre em contato.
15 abr 2014

Resenha de “O Caminho Jedi”

Tudo bem que esse livro é basicamente para fãs de Star Wars. Se não totalmente fãs, pelo menos conhecedores ou curiosos assíduos. Para quem nunca teve contato com a obra de George Lucas, talvez não faça muito sentido. Mas você, provavelmente, tem sérios problemas e deveria já procurar a antiga trilogia para sair desse limbo sem graça em que vive!

Quando soube que O Caminho Jedi estava sendo publicado no Brasil, fiquei feliz da vida. Mas preocupada. As páginas não são impressas como um livro normal – elas tem um trabalho cuidadoso com a diagramação e até com a textura das bordas, que tentam imitar um documento antigo, passado de mão em mão e guardado sem muito cuidado. E foi animador saber que a Bertrand teve todo esse cuidado. E que se arriscou. Porque todo esse esforço, capa dura e tratamento especial, custou caro e o preço que a gente vê nas livrarias é o espelho de um trabalho sensacional e complicado! Não pense que não vale o seu dinheiro: vale mais do que o proposto.

A obra é minuciosa e cheia de detalhes. E não é simplesmente uma “explicação do que é ser um Jedi”, como vi alguns blogs falando. É tratar os Jedi como uma religião, uma forma de vida e de comprometimento. É ensinar passo a passo a história da Ordem, os clãs, trajes, pilares e regras. E com um bônus para a vida toda: “Técnicas avançadas de Sabre de Luz”. Ou seja, em um mundo perfeito, a gente poderia usar a Força para coisas realmente do bem – e não somente para pegar o controle remoto ou fazer alguém cozinhar pra mim quando estou com preguiça, como provavelmente eu faria.

A história do livro é basicamente essa: Luke Skywalker encontra esse manual, que já tinha passado por anos nas mãos de outros famosos Padawans e Jedis. Alguns, infelizmente, agora no Lado Negro da Força. Mas mestres como Yoda, Obi-Wan Kenobi e até seu pai, Anakin (isso é algum tipo de spoiler?), tiveram o manual em seu poder e deram seus pitacos. As páginas são todas rabiscadas, reescritas e com opiniões em orelhas e em detalhes, mostrando a visão de cada estudante e mestre com o que é descrito nos textos. Alguns engraçados e sarcásticos, outros estranhos e até uma página totalmente rabiscada onde diz “Essas páginas já estavam rasuradas quando o livro veio parar nas minhas mãos. Não sei quem tentou suprimir a profecia, mas muito provavelmente foi o Imperador.” Assinado, claro, pelo Luke. Genial.

Quando recebi o livro da editora, postei uma foto no Instagram e fiz um pequeno vídeo que mostra como é a estrutura de algumas páginas:

Essencial para quem é fã. Super curioso para quem quer simplesmente entender mais desse universo. Estou louca para terminar logo com a versão dos Sith do manual – o Lado Negro é sempre mais difícil de compreender…

O Caminho Jedi é um livro de Daniel Wallace, lançado pela editora Bertrand. Adicione no Skoob. Compre agora mesmo!



10 abr 2014

Vida de kpopper: e dai eu decido falar sobre BAP!

A vida anda corrida – todo mundo sabe – mas a gente arruma sempre um espacinho pro que gosta! E, pensando em um roteiro novo pro Fantastic Baby (programa lá da GD Entretenimento, no Youtube), decidi escrever sobre o BAP. Um dos meus grupos favoritos de kpop. E, não se engane, foi bem difícil. Apesar de conhecer quase tudo sobre a carreira musical dos caras, sou dessas fãs que sabe super pouco da vida pessoal. Então me custou alguns dias e várias horas não dormidas para finalizar o roteiro – e eu acho que ficou bem legal! Tudo bem que no fim eu acabei esquecendo o clipe de Rain Sound, mas é porque sempre acabo ignorando essa música também.
Enfim.
Espero que gostem! Mais um capítulo de vida kpopper no ar! E com bastante hip hop…

E comemorando porque nosso primeiro vídeo de kpop no canal já tem mais de 39mil visualizações! Não é nenhuma Parafernalha, mas a gente fica MEGA feliz <3
Obrigada!



09 abr 2014

Conheça as ilustrações inseguras de Sahr

Sahr é uma personagem dessa página no Facebook, que contém várias ilustrações sobre insegurança e que está super engajada no momento de mostrar mais feminismo às mulheres e à sociedade. As ilustrações são lindas e cheias de poemas e sentimentos. Vale muito a pena conferir, curtir e compartilhar!

1012134_277720315721299_1277938132_n



31 mar 2014

Um pouco de amor pro seu dia…

Cupido” é um curta-metragem de amor. Criado pela marca de sorvetes Cornetto, em 2013, com músicas de Lotte Mullan (as lindas Wake Up next to you, Dirty on the Inside, Valentine Song e Breathless), fala sobre um homem que coleciona histórias de amor. E ele, como cupido, ajuda como pode. Uma garçonete fica encantada com um cliente que não dá a mínima para sua voz e pra ela. E, mais interessante do que saber quem ele é, a história se propõe a te mostrar como o amor chegou até eles.
É lindo!

Assista ao vídeo original, sem legendas.



29 mar 2014

Tema de Star Wars tocado em um Orgão de Tubo!

Algumas coisas no mundo conseguem ser totalmente sensacionais, como esse cara (Jelani Eddington) tocando o tema de Star Wars (original do Star Wars Symphonic Suite) em um Órgão de Tubo Mighty Wurlitzer no Place de la Musique, Illinois. O resultado é épico: ele parece que está tocando por uma orquestra inteira! O órgão tem várias divisões e você consegue programar sons diferentes para cada tecla, pedal, etc. E o músico precisa ter sérias habilidades pra conseguir esse resultado.

Não existem muitos órgãos como esse espalhados pelo mundo e, embora algumas pessoas tenham em casa, são quase especificamente para teatros. Totalmente épico.



28 mar 2014

Conheça a série “Valente” de Vitor Cafaggi

valente 01

Com essa introdução simples somos apresentados a um dos mais simpáticos e charmosos personagens dos quadrinhos nacionais. Um jovem que ainda vai à escola, vive seus dilemas, tem todas as suas dúvidas e está prestes a se apaixonar por uma gatinha. Ah, sim… é bom comentar que o jovem em questão é um cachorro chamado Valente.

Escrita e desenhada por Vitor Cafaggi ( vocês devem, ou deveriam, se lembrar dele da também fantástica Turma da Mônica – Laços), a história nos apresenta uma deliciosa comédia romântica nos moldes dos tradicionais filmes de Sessão da Tarde onde somos apresentados a personagens que, de irreal, possuem apenas a aparência.

Valente, Bu, Dama (S2), Princesa e todos os fantásticos amigos que frequentam a escola junto com nosso protagonista conquistam o leitor a cada quadrinho. Mérito da arte de Vitor com seus traços finos, desenhos fluídos e super bem trabalhados montando cada página para que ela funcione só e como um todo em cada um dos três álbuns já lançados pela Panini Books. Cada detalhe, cada expressão. O artista é caprichoso em cada detalhe das páginas para que o leitor possa aproveitar a experiência com imersão total.

image description

A história é simples. Garoto conhece Garota. E tudo mais se desenrola a partir dessa premissa simples. Apesar disso, Vitor consegue, ao mesmo tempo, fugir dos clichês das histórias românticas e fazê-los funcionar a seu favor. A narrativa tem um frescor e não tem como encarar essa história e não acreditar em amores juvenis, cheios de esperanças e sonhos. Dignos de “love songs”. Valente é isso, é uma história sobre um cara que acredita em romances, que acredita no amor acima de tudo. E, como um bom apaixonado, é tímido, destrambelhado e faz de tudo pela mulher amada. Até agora foram lançados três volumes: Valente para sempre, Valente para todas e Valente por opção.

Não sendo o bastante, ainda sobra espaço para inúmeras referências à cultura pop espalhadas pelas histórias. Ele certamente fará você mudar sua ideia sobre os Power Rangers. Recheados de fofura, doçura e boas piadas, aliados a traços excelentes e super caprichados, Valente é uma aposta de diversão certa.

va

As imagens foram tiradas direto do site do autor Vitor Caffagi. Faça um favor a si mesmo e gaste alguns minutos lá! Não vai se arrepender! Adicione no Skoob. Saiba onde comprar.



28 mar 2014

Felipe Castilho vai lançar uma HQ sobre zumbis e… futebol!

1972261_616336901792389_700981010_n

O autor da série O Legado Folclórico (lançado pela editora Gutenberg) anunciou, oficialmente, em seu Facebook, que vai se aventurar no mundo dos quadrinhos.

“Minha estréia como roteirista no mercado de quadrinhos (porque roteiro na gaveta já tenho mais de uma dúzia, mas não conta) será a Graphic Novel de estreia de uma editora estreante no ramo”. A editora, no caso, é a GiBiz (que, by the way, é um nome sensacional!), que é um selo da Giz Editorial voltado para as HQs. Felipe vai trabalhar com nomes famosos do mercado editorial, como a Simone Mateus e Walter Tierno.

O trabalho será feito em parceria com o ilustrador Tainan Rocha. “Ele é um BAITA desenhista e ilustrador, e que topou entrar nessa loucura comigo de maneira insana. A graphic foi produzida em tempo recorde, e garanto que está com qualidade de whiskey envelhecido em barris de carvalho. Eu não tomo, mas deve ser bom e… vocês entenderam. Temos já um antigo projeto em andamento que foi interrompido para concluirmos essa história que vem bem a calhar nesse pré-Copa.”

O nome do projeto é Imagine (zumbis) na Copa. Bem apropriado. Como o próprio autor descreve, são “Mortos-vivos em uma final de Copa do Mundo, trazidos para vocês de um jeito meio tarantinesco, meio romeresco, meio… meio Tainan Rocha e Felipe Castilho.”

Não tem como dar errado.

Ainda não saíram datas ou informações sobre o lançamento. Mas estamos aguardando ansiosos!
E o Felipe avisa: “crianças que leram O Legado Folclórico, vocês não podem ler esta minha história, ok? Tem tudo o que vocês não podem ver: sangue, cabeças explodindo, zumbis encurralando gente desarmada, tiros…”

Aproveita e adiciona o Felipe Castilho no Skoob e no Twitter!



18 mar 2014

Dublador canta “Let it go” com 21 personagens da Disney

A música tema do filme Frozen, Let it go, conquistou todo o mundo e até ganhou o Oscar na categoria de melhor canção original. Originalmente gravada na voz de Idina Menzel, a música tema da rainha Elsa ganhou uma versão bem legal na voz do dublador Brian Hull, que faz a voz de 21 personagens da Disney. Morri de rir com o Pumba!

Os 21 personagens são:
Capitão Barbosa – Piratas do Caribe
Capitão Jack Sparrow – Piratas do Caribe
Scar – O rei leão
Roz – Monstros S.A.
Mike Wazowski – Monstros S.A.
Lumiere – A Bela e a Fera
Relógio – A Bela e a Fera
Dug – Up, Altas aventuras
Alpha – Up, Altas aventuras
Kaa – Mogli, o menino lobo
Sebastian – A pequena sereia
Pumba – O rei leão
Timão – O rei leão
Ray – A princesa e o sapo
Scuttle – A pequena sereia
Pete
Ursinho Pooh
Tigrão – Ursinho Pooh
Mickey Mouse
Minnie Mouse
Pateta



14 mar 2014

Tirinhas do “Como eu realmente”

O Brasil finalmente está perdendo o preconceito com quadrinhos e muitos ilustradores brasileiros estão aparecendo por aí. Alguns projetos já são bem famosos como o Um sábado qualquer e a página do Armandinho. São tirinhas super fofas e criativas. O Como eu realmente também é um grande exemplo de portal que caiu no gosto popular e traz histórias divertidas mostrando a dualidade da realidade com a fantasia. Quem nunca se imaginou fazendo algo diferente do que aconteceu na verdade? A Niazinha é uma garota alegre, que ama livros e sua gatinha, e vive situações que a maioria de nós já vivenciou. Essa identificação é o maior atrativo no trabalho da Fernanda Nia, publicitária e designer.

tirinha62

 

Para saber mais acesse o site, siga o twitter e curta a página no facebook.

E sabia que tem uma tirinha com a Babi? Olha ela aí embaixo! Ficou igualzinho, né?

tirinha268