Resenha de “A Sereia”, de Kiera Cass

Capa A Sereia Preciso confessar que adoro as narrativas da Kiera Cass. Sou muito fã do seu modo “encantado” de deixar as histórias. Em “A Sereia” não foi diferente, uma história encantada e cheia de sentimentos.

“As sereias entretanto têm uma arma ainda mais terrível que o canto: o seu silêncio.”

No livro conhecemos Kahlen, uma menina de 19 anos que vive como sereia há oitenta anos. Muito tempo atrás, durante uma viagem com a sua família, Kahlen viu a água usar suas sereias e seus métodos para naufragar o navio em que estava. Kahlen foi salva da morte, mas a consequência disso, foi ter aceitado o chamado da água para se tornar uma sereia e trabalhar para ela como sereia por cem anos.
Desde então ela vive como sereia, cuida muito bem de suas irmãs sereias, é disciplinada e a favorita da água, mas Kahlen é muito sentimental, guarda um peso em seu coração de tantas pessoas que teve que matar para satisfazer a água.

A vida de Kahlen não é fácil, mas esse sentimento muda quando ela conhece Akinli, um rapaz estranho que começa a ter sentimentos por Kahlen. Será que o casal conseguirá ficar junto? O que será que a água achará de tudo isso? Esse amor é possível?

“E quem eu era? Ninguém na verdade. Só uma garota. Mas aos olhos dele…Eu parecia muito mais que isso.”

A escritora consegue construir um cenário único e consegue nos mostrar um pouco sobre a mitologia da sereia. Os personagens secundários são marcantes, todas as irmãs de Kahlen possuem personalidades distintas e adoráveis. Acredito que a água é o personagem mais enigmático do livro, a água possui uma personalidade forte e descobrir como ela lida com as sereis é um dos pontos alto do livro.
Um romance leve e sensível, com uma leitura envolvente. Eu me senti lendo um conto de fadas. O livro nos conta mais que uma história de amor, nos mostra cumplicidade, fidelidade e amizade. E preciso dizer que a capa é linda, dá uma sensação de leveza ao livro.

A Sereia é um livro de Kiera Cass pela Seguinte. Adicione no Skoob. Saiba onde comprar mais barato.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.

2 comentários

  1. Mareska disse:

    Tô com esse aqui em casa, mas ainda não comecei a ler. A escrita da Kiera é mesmo uma delícia!

  2. Amanda disse:

    Nossa, que história diferente, conheço histórias parecidas, mas não transcritas para livro, muito bom. Obrigada pela dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge