Capa de “Lua de Vinil”, de Oscar Pilagallo

Mais um lançamento da editora Seguinte que eu quero muito ler! Em junho, chega às lojas Lua de Vinil, do jornalista premiado Oscar Pilagallo. O livro é um YA nacional com São Paulo da década de 70 como cenário. Estou muito curiosa para saber mais!

13412146_805878879545758_4766015338233589197_o

Sinopse: Em 1973, a ditadura militar comandava o Brasil. O Pink Floyd lançava o aguardado disco The Dark Side of the Moon. E Giba passava os dias jogando futebol de botão com os amigos do prédio, suspirando por Leila, sua vizinha irreverente e descolada. Ele tentava ignorar o estado grave de seu pai, internado no hospital, e não sabia que a violência do governo estava muito mais perto da sua casa na Vila Mariana do que ele imaginava. Até que, num dia tranquilo de março, ele acaba causando um acidente e se vê obrigado a lidar com um dilema moral que o fará abandonar a inocência dos dezesseis anos para sempre.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “Uma Canção de Ninar”, de Sarah Densen

Olha essa capa maravilhosa de Uma Canção de Ninar da autora Sarah Dessen! O livro será lançado pela editora Seguinte no mês de julho e eu já estou ansiosa para ler, afinal, tem muita música e amor. Quem conhece as histórias da Dessen sabe que ela escreve romances contemporâneos incríveis e super tocantes. Vocês já podem incluir na lista de leituras do mês que vem, hein!

13346272_802364473230532_6536015573940697739_o

Sinopse: “Não deixe ficar sério demais. Não deixe ele partir seu coração. E nunca, em hipótese alguma, saia com um músico.” Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento. Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela. Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor…

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “A Coroa”, de Kiera Cass

A editora Seguinte divulgou a capa de A Coroa, o último livro da série A Seleção de Kiera Cass. Na trama saberemos o que acontecerá com a família real e qual a decisão da princesa Eadlyn para o seu futuro. O livro está em pré-venda, e quem comprá-lo agora ganhará um brinde exclusivo. A edição também terá capa dura vendida apenas pela rede Saraiva. E aí, ansiosos para esse desfecho?

12977189_774638329336480_858780924624569383_o

Sinopse: Em “A Herdeira”, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria Seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria entre os trinta e cinco pretendentes do concurso um companheiro de verdade, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… E agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil — e importante — do que esperava.

 

A Coroa será publicado pela editora Seguinte. Adicione no skoob e no goodreads.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “A Rebelde do Deserto”, de Alwyn Hamilton

11143352_759418017525178_2934290997348231957_o

Em abril chega às livrarias A Rebelde do Deserto, o primeiro volume de uma trilogia que mistura faroeste com o clássico Mil e Uma Noites. Achei a capa incrível e estou super curiosa para conhecer essa história com cenário eletrizante e com uma cultura tão rica, como a árabe! <3

Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

A Rebelde do Deserto será lançado no país pela editora Seguinte e já está em pré-venda.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.