Capa de “Como Se Fosse Magia”, de Bianca Briones

Esta é a capa do novo livro da incrível Bianca Briones, que sairá pela editora Gutenberg. A sinopse me deixou muito curiosa e eu estou louca para ler! Como Se Fosse Magia será lançado agora no final de agosto, durante a Bienal do Livro de São Paulo. \o/

13912453_956550777787630_2004508957326214755_n

Sinopse: Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é. Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. O que isso quer dizer? Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
“As Fases da Lua”: cinco histórias em um livro

20160607163621

A editora Gutenberg lançou em junho o livro As Fases da Lua, que reúne cinco contos das autoras brasileiras Bianca Briones, Clarissa Côrrea, Liliane Prata e Leila Rego e da americana Jennifer Brown. As histórias falam sobre protagnistas que estão em diferentes momentos da vida, mas que têm em comum os altos e baixos, os amores e desamores, as promessas e incertezas da busca pela felicidade. Os temas abordados são de grande importância e estão presentes na vida da mulher moderna de hoje, como aborto, luto, relacionamento abusivo, adoção e carreira. Além de mostrar a empatia e a força feminina.

As histórias são: Caminhos Cruzados (lua crescente) por Clarissa Corrêa, Algumas Coisas que Aprendi (lua cheia) por Liliane Prata, Se Você Pudesse Ficar (lua minguante) por Bianca Briones, Minha Canção Favorita é Você (lua nova) por Leila Rego e Oráculo Azul (lua azul) por Jennifer Brown.

Sinopse: 5 mulheres, 5 fases da Lua, 5 histórias de… amor?
Alice é uma jovem com uma vontade crescente de cair no mundo, até se apaixonar pelo cara mais gato da cidade. Mas um incidente no meio de seu conto de fadas pode mudar sua vida para sempre. Lena é uma mulher cheia de amor para dar e que stalkeia todos os passos dos homens por quem se apaixona. E ela realmente se apaixona por todos. O problema é que eles não se apaixonam por ela. Um amor minguante não tem vez na vida de Bruna. Noiva do seu melhor amigo de infância, eles se preparam para o casamento e traçam planos para uma vida inteira juntos. Mas será que não é perfeição demais? Ainda nova, Dora já é uma médica renomada, segura e decidida, mas seu coração traz uma ferida e ela não está disposta a se abrir novamente. Até que o amor lhe aparece em forma de canção. Destiny é uma jovem com um passado marcado por dúvidas e segredos, assim como o misterioso luar azul que toma conta de sua cidade, deixando-a confusa e com medo… pois no fundo ela sabe que ele pode guardar as respostas que ela tanto busca.
Assim como a Lua, a vida também é repleta de fases, e neste livro acompanhamos as deliciosas histórias de cinco mulheres que estão em diferentes fases da vida, mas que têm em comum os altos e baixos, os amores e desamores, as promessas e incertezas da busca pela felicidade. Adicione no skoob e no goodreads.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Capa de “A Escolha Perfeita do Coração”, de Bianca Briones

Já viram a capa de A Escolha Perfeita do Coração, novo livro da autora nacional Bianca Briones, que tem previsão de lançamento para setembro de 2015? A história é continuação de As Batidas Perdidas do Coração (leia a resenha aqui) e mostrará Viviane e Rafael dois anos após ficarem juntos. Quem aí está ansioso para esse lançamento?

11705403_945338455516909_5960188360968263340_o

Sinopse: Viviane e Rafael enfrentaram uma montanha-russa de emoções em As batidas perdidas do coração, antes de finalmente se entender e conseguir o que tanto queriam: ficar juntos para sempre. Agora, dois anos depois, esse recomeço está longe de ser tranquilo. Os fantasmas de Rafael o assombram, e Viviane, mais uma vez, precisa lutar para mostrar que ele mesmo é seu único inimigo. O que fazer quando a pessoa que você ama é uma força autodestrutiva? Como redimir alguém que não acredita ser digno de redenção? É possível amar a pessoa que mais te magoou? Até onde vale a pena lutar por um amor? Esta é a chance de Rafael e Viviane aprenderem que a mesma pessoa que pode partir seu coração em mil pedaços é capaz de juntar os estilhaços e fazer você se sentir inteiro outra vez. Às vezes, o amor não nos dá escolha. É vivê-lo ou passar a vida atormentado por ele. Adicione no skoob.

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.
Resenha de “As batidas perdidas do coração”, de Bianca Briones

agosto11 Mais um livro nacional que tem feito muito sucesso desde o ano passado! Fico extremamente feliz quando autores nacionais chegam onde Bianca Briones está chegando: no topo mesmo e com muito esforço. E quem conhece ela há anos, sabe que é merecido. Bianca lançou em 2010 o “Entre o Amor e a Amizade” de forma independente e até fiz resenha dele aqui no blog, e hoje a base da história foi reconstruída para a Editora Verus e As batidas perdidas do coração foi lançado, como um amadurecimento daquilo que Bianca escreveu anos atrás. Ela explica mais no seu blog, vale a pena ler.

Aliás, apesar dos personagens terem ficado mais jovens nessa nova história, esse é um livro que podemos chamar de New Adult (ou Jovem Adulto), ou seja, a história não visa exatamente o público teen, então tem cenas mais picantes e intensas. Bem intensas. Tem quem goste do estilo e tem quem não goste, mas é interessante conhecer – você pode acabar se surpreendendo. Cada vez mais livros com essa temática estão no mercado e isso é um bom indício para os indecisos.

Acontece o seguinte: Viviane é uma menina rica, linda e até então feliz, mas quando ela precisa enfrentar uma grande perda, vê sua vida totalmente fora de eixo. O processo doloroso do câncer e morte de seu pai, deixam cicatrizes profundas em sua família perfeita. Sua mãe se fechou por completo, deixando Vivi e o irmão sem amparo, em uma idade onde não se sabe se é criança ou adulto. Tentando lidar com sua dor, a garota esbarra em Rafael, completamente o seu oposto – o garoto é tatuado, roqueiro, rude, de classe baixa e barra pesada. Mas, na verdade, os dois são muito mais parecidos por dentro do que aparentam e se completam.

Rafael também conhece a dor da perda, e conhece mesmo. Ele não perdeu só o pai, vítima de assassinato, sua irmã e seus tios também faleceram. Para ele, cada vez que consegue se sentir normal novamente, uma nova tragédia acontece. Como lidar com tanta dor e o vazio enorme? Em uma trama baseada no sofrimento, Viviane e Rafael irão tentar conviver com suas dores, se apoiando um no outro, em uma forte história de amor.

Mas essa relação é turbulenta, Rafael possui um lado obscuro e nem sempre o amor pode ajudar. Viviane fará o que pode para mantê-lo são e saudável, mas a vida do garoto não é fácil e, a cada obstáculo, ele precisa provar que pode ter uma vida melhor.

O final não me agradou tanto quanto eu queria, ou como agradou na versão antiga. Senti como se tudo se resolvesse rápido e de uma forma simples. Os problemas enfrentados por Rafael e Viviane são profundos e precisam de maior tratamento. Embora Rafael tenha procurado ajuda, Viviane apenas se afastou se beneficiando de sua boa condição financeira. Contudo, para quem adora romance, é um bom livro, que aborda temas diferentes e mais profundos.

Na verdade, vale tanto a pena que mais dois livros do mesmo mundo estão para sair (acho que, inclusive, esse ano!) e Bianca promete explorar ainda mais os personagens dessa trama! Mal posso esperar.

As batidas perdidas do coração foi lançado pela Verus. Adicione no skoob. Saiba onde comprar.

 

por Babi Dewet. Mora no Rio de Janeiro, é autora da trilogia de livros Sábado à Noite, formada em Cinema, Galaxy Defender, Caçadora de Sombras, Jedi, Sonserina, fã de Kpop, empresária neurótica, amante de gatos, doces, fanfics, séries de TV coreanas e filmes bobos americanos.